Conheça os 4 principais cuidados com o bebê nos primeiros meses!

Enfim, o bebê nasceu! Quando olhamos aquele ser tão pequenininho e tão frágil, não é incomum que mães e pais de primeira viagem sintam medo de pegá-lo no colo, de machucá-lo ou simplesmente tenham receio de não saber cuidar e sanar suas necessidades. Dúvidas e receios fazem parte do dia a dia de quem cuida dos bebês recém-nascidos, não acontece somente com você, tá bem?

Para ajudar nesse momento tão importante, preparei uma listinha com 5 cuidados com o bebê nos primeiros meses de vida. Vou falar sobre aquelas dúvidas e mitos recorrentes, como de quanto em quanto tempo é preciso amamentar, como e quando dar o primeiro banho, melhor posição para garantir a segurança do pequeno enquanto ele dorme e muito mais. Venha conferir!

1. Estimule a amamentação

Eu não poderia começar de outra maneira. A amamentação é o principal cuidado e o primeiro grande desafio das mamães.

A OMS recomenda que o bebê seja amamentado já na primeira hora de vida. Os benefícios vão desde tranquilidade ao pequeno que, após nascer, experimenta momentos de muita agitação, e para a mamãe, que, com o estímulo da sucção, libera mais prolactina, o hormônio por trás da produção de leite. Não é à toa que esse momento de amamentação na primeira hora de vida é chamada de “hora dourada”.

Já em casa, não deixe de estimular as mamadas. Lembre-se que não é “inato” saber dar de mamar. Da mesma forma o bebê também está aprendendo. Ambos vão descobrir juntos. Fique atenta à posição da boquinha do bebê no seio: os lábios devem estar em contato com a mama, abocanhando todo o mamilo.

Se sentir dores intensas e prolongadas ao amamentar, não desista, busque ajuda profissional, como de enfermeiras especialistas em amamentação.

2. Aposte na livre demanda

Sabe aquela história de que o bebê tem de mamar de três em três horas? Não é bem assim! O ideal é que a mãe esteja bem conectada às necessidades do recém-nascido e busque compreender sua linguagem.

O choro de fome tem uma especificidade: é inconsolável. Só cessa quando a mãe oferece o peito. Fique de olho nos sinais do seu filho e, quando ele tiver fome, ofereça o peito!

3. Fique de olho na posição do bebê no berço

Todos os bebês, até 5 meses de idade, devem dormir sempre de barriga para cima. Essa é a posição mais segura para evitar sufocamentos e morte súbita.

Não é indicado que os recém-nascidos dividam a cama com os pais. Entretanto, aqueles bercinhos conectados a cama da mãe é maneira segura e saudável de estar junto nos primeiros dias.

Atente-se sempre aos cuidados básicos de não deixar itens soltos no berço. Portanto, não coloque travesseiro, colcha, bichinho de pelúcia ou qualquer outro objeto que possa causar sufocamento próximo do bebê durante o sono.

4. Atenção à moleira

Sabe aquela parte molinha da cabeça do recém-nascido? Pois é, sua avó tinha razão: é preciso tomar alguns cuidados com essa região que é bem delicada.

Essa abertura, chamada de fontanelas, acontece porque o crânio do bebê ainda tem suas estruturas todas interligadas. E isso é bom, pois ajuda no posicionamento no canal do parto e permite que o cérebro continue crescendo e se desenvolvendo.

Alguns cuidados são importantes para garantir a segurança do pequeno:

  • não esfregue a região com força na hora do banho,
  • evite o uso de faixas e enfeites que apertem durante o primeiro mês de vida,
  • visite regularmente o pediatra para acompanhar o fechamento da moleira.

Por ser uma idade em que os bebês são muito frágeis e dependentes, é muito importante que haja um acompanhamento constante de seu desenvolvimento com o pediatra. Além disso, é preciso que as mamães também cuidem de sua saúde, física e mental. Por isso, se precisar, não deixe de contar com a ajuda de profissionais de saúde, como psicólogos, psiquiatras e enfermeiros especializados para auxiliá-la.

Tem outras dúvidas sobre os cuidados com o bebê nos primeiros dias de vida? Deixe aqui nos comentários! Conhece alguém que está passando por um momento parecido e precisa ler esse post? Marque ela aqui!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.